2019-10-16 12:58:00 Jornal de Madeira

Concorrentes de novo reality show inglês terão de matar e comer os seus próprios animais de estimação

O jornal Guardian descreve-o como um dos “ultimatos mais chocantes feitos em televisão”: vai estrear um reality show que desafia omnívoros a comer os seus próprios animais de estimação, revela o SOL. Os concorrentes deste programa, que se chama Meat the Family e será transmitido no Reino Unido no Channel 4, são pessoas que têm por hábito comer carne às refeições. Durante o formato, os participantes têm de adotar animais “que normalmente acabam por ir parar aos pratos onde comem”, como vacas, porcos, coelhos, galinhas, explica o canal, citado pela mesma fonte. Após três semanas a tratar dos animais como se fizessem parte da família, os concorrentes terão de fazer uma escolha: tornarem-se vegetarianos ou deixarem que o animal ao qual se afeiçoaram seja levado para o matadouro. Pior: se a família se recusar a deixar de comer carne, terá de cozinhar o animal e comê-lo. “Isto não envolve sexo nem drogas. A carne está a tornar-se o próximo tabu. A questão aqui é como é que algumas pessoas conseguem acariciar um cão enquanto colocam outro animal no forno”, explica Virginia Mouseler, uma analista consultada pelo Guardian. O Channel 4 já explicou que o objetivo do programa é mostrar “a vida de um animal dos prados para os pratos”, bem como examinar “o comportamento e a inteligência animal, as práticas agropecuárias exigidas para fazer face às exigências dos consumidores e o impacto ambiental da indústria da carne”.

Irmão de George Floyd apela para a paz

Irmão de George Floyd apela para a paz

2020-06-02 01:15:04 Diário de Notícias da Madeira
Povos Indígenas do Brasil registam 178 mortes e 1.809 casos de Covid-19

Povos Indígenas do Brasil registam 178 mortes e 1.809 casos de Covid-19

2020-06-02 00:40:33 Diário de Notícias da Madeira
Canadá rejeita incluir Rússia em reunião do G7

Canadá rejeita incluir Rússia em reunião do G7

2020-06-02 00:10:11 Diário de Notícias da Madeira
Wall Street fecha em alta com investidores a ignorarem protestos e crise com China
Autópsia pedida pela família revela que Floyd morreu devido a asfixia por pressão contínua

Pesquisa

Partilhe

Booking.com

Email Netmadeira